Nova Petrópolis sediará Mundial de Futsal para Surdos

Nova Petrópolis – Um evento de porte internacional será realizado no município em novembro de 2023. O 5º Campeonato Mundial de Futsal para Surdos foi confirmado para ser realizado no Jardim da Serra Gaúcha pela Confederação Brasileira de Desportos para Surdos (CBDS), com apoio da ICSD – International Committee of Sports for the Deaf (Comitê Internacional de Esportes para Surdos). A competição está prevista para acontecer de 10 a 19 de novembro de 2023 e deverá reunir cerca de 500 atletas de mais de 20 países. A seleção brasileira feminina venceu a competição em 2019, na Suíça.

De acordo com a secretária de Desporto, Gislaine Leal, e o Coordenador de Desporto, Luiz Port, sediar o Mundial é motivo de muito orgulho e alegria para o município. Serão 16 equipes masculinas e 16 femininas, e o objetivo é que todos fiquem hospedados no município. A previsão, entre atletas, comissões técnicas e familiares, é de que cerca de 800 pessoas venham para o evento. “Tivemos o privilégio de sermos escolhidos e agora vamos trabalhar para deixar tudo pronto, com antecedência, para o Mundial. Queremos que todos fiquem aqui, será algo grandioso”, disse a secretária.

A escolha por Nova Petrópolis foi intermediada pelo professor Mauro Amâncio da Silva, o Mauro “Caxias”, da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Mauro foi treinador da seleção masculina de surdos por oito anos e participou de dois mundiais. Agora, ele fará parte da presidência do evento e indicou o município como sede, pelo potencial turístico e estrutural de Nova Petrópolis. Como Caxias já será a sede das Surdolimpíadas em 2022 e Nova Petrópolis se mostrou interessada em ser parceira no evento, a negociação foi facilitada. “O Mauro me contatou e perguntou se tínhamos interesse. Falei com a secretária e de imediato ela gostou da ideia. Conversamos com o prefeito e assim foi evoluindo as tratativas para trazer o evento para cá”, contou Port. Entre os países concorrentes, estavam fortemente na briga Alemanha, Portugal e Argentina.

Coordenador do Desporto, Luiz Port, e secretária de Desporto, Gislaine Leal (Créd.: Dário Gonçalves)

Adaptações

Para receber o Mundial, uma das exigências era de que houvessem quadras com medidas oficiais. Segundo Port, a quadra do Colégio Frederico Michaelsen possue essas medidas e a do Colégio Padre Werner precisa de apenas algumas adaptações para chegar às medidas. Além disso, Leal informou que será feito um estudo para definir o que será necessário reformar e adaptar para receber os jogos e os treinamentos.

“Com exceção do Festival Internacional do Folclore, nosso último evento internacional foi o revezamento da tocha olímpica, em 2016. Agora, teremos dois anos para nos prepararmos para este mundial, que trará visitantes do mundo inteiro. É um privilégio”, destacou a secretária.

Repercussão Internacional

O site do Comitê Internacional de Esportes para Surdos já divulga Nova Petrópolis como sede oficial. Em inglês, a divulgação faz um breve resumo sobre o município, destacando a descendência alemã da população e tendo no turismo a principal atividade econômica, seguida de confecção de roupas de lã, pecuária leiteira e fabricação de calçados.

O cartaz do mundial também já foi divulgado, destacando o nome do município, e bandeiras de países como Brasil, Alemanha, Espanha, Argentina, Itália, Portugal, Uruguai, Chile, Gana, Paraguai, entre outros.

Assista os gols da vitória do Brasil no mundial de 2019

Video: https://youtu.be/BUcoSX4w1mU

Fonte:https://odiario.net/noticias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *