Após ‘saia justa’, Câmara terá intérprete de Libras em reuniões

Encontro na Câmara de Ribeirão Preto deveria ter acontecido na última segunda-feira (4); parlamentares foram alertados por participantes

Uma reunião pública da comissão de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Câmara de Ribeirão Preto, que iria discutir a “educação especial” na cidade, foi suspensa na última segunda-feira (5) por falta de intérprete de Libras.

A comissão é formada pelos vereadores Ramon Faustino (Psol), Bertinho Scandiuzzi (PSDB) e Paulo Modas (União). O secretário da Educação, Felipe Elias Miguel, também foi convidado para participar do encontro.

Na abertura da reunião pública, o vereador Ramon Faustino, que preside a comissão, foi alertado por pessoas que estavam no plenário sobre a falta do intérprete. “A gente não tem essa estrutura hoje na Câmara”, disse.

O vereador chegou a solicitar um voluntário, mas ninguém se apresentou para função. Atualmente, a Câmara conta com uma empresa para realização do serviço de intérprete de libras para transmissão das sessões ordinárias e extraordinárias.

Durante a reunião, o parlamentar afirmou que nas próximas reuniões sobre o tema, os interpretes de Libras serão incluídos nos debates. A reunião foi remarcada para próxima segunda-feira (11).

“A gente acolhe e respeita essa reinvindicação que é importantíssima de toda essa invisibilidade do movimento, de sempre pedirem os intérpretes para atuarem de forma voluntária”, disse.

Fonte: https://www.acidadeon.com/ribeiraopreto/politica/nevio-archibald/NOT,0,0,1747317,reuniao-sobre-inclusao-e-suspensa-por-falta-de-interprete-de-libras.aspx

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.